História

De Liceu Nacional a Escola Secundária
História de "Uma Escola Ambulante
"

1ª Versão

2ª Versão

3ª Versão

  • Primeiro no Convento de S.Francisco actual garagem Loureiro e G.N.R.
  • R. Dona Margarida Chaves.
  • Travessa de S.Paulo (R.Avelino Patena)
  • Caminho de Baixo (R. do Rossio)
  • Espaço que hoje ocupa
  • Palácio do Governo Civil
  • Travessa de S. Paulo
  • R. do Rossio (Caminho de Baixo)
  • Primitivo imóvel que deu origem às actuais instalações
  • Rua 31 de Janeiro
  • Palácio do Governo Civil
  • R. Avelino Patena
  • Caminho de Baixo
  • Edifício mandado construir por Mons.Jerónimo do Amaral

O primeiro espaço realmente ocupado pelo Liceu é desconhecido.

"Um edifício, uma sede permanente"

  • A vida atribulada e errante do Liceu de Vila Real termina, graças a Monsenhor Jerónimo do Amaral, grande benemérito e amigo de Vila Real, que mandou construir, em 1901, a expensas suas e junto ao seu Colégio deNossa Senhora do Rosário, um imóvel adequado. Em 1916, as instalações foram adaptadas, encolhendo, por não serem suficientes para as necessidades.
  • Em 1978, foi implantado um pavilhão pré-fabricado, hoje em estado degradado.

monsenhor

Datas Importantes

1848 - Liceu Nacional de Vila Real

  • Não é possível indicar a abertura do Liceu, mas, segundo Veríssimo Serrão e outros documentos da época, o Liceu Nacional de Vila Real estava em funcionamento no ano lectivo 1848 - 1849. Em 1851 tinha 3 professores que se reuniram em Conselho e constituíram definitivamente o Liceu em 6 deOutubro.
  • A designação de "Liceu Nacional"... resulta de decreto régio de 17.Nov.1836.

clip_image002

 

1911 - Liceu Central de Vila Real

clip_image003

  • Por decreto do Ministro do Interior, Vila Real pôde festejar a elevação a central do seu liceu.
  • "Tendo em vista as representações que me foram feitas, hei por bem decretar o seguinte:

Artigo 1º. São elevados a lyceus nacionaes centraes os lyceus nacionaes de ... e Villa Real, com a condição expressa de, em todos elles, se estabelecer um internato lyceal.
……

  • Paços do Governo da Republica, em 17 de junho de 1911. - O Ministro do Interior, António José de Almeida."

1914 - Liceu Central de Camilo Castelo Branco

xxxx - Liceu Nacional de Vila Real - [O Liceu haveria de regressar à sua condição de nacional por força de reformas do Estado Novo].

1978 - Escola Secundária de Camilo Castelo Branco

clip_image004

  • Com o 25 de Abril novas transformações sucederam. O processo de unificação dos 7º, 8º e 9º anos de escolaridade estava já previsto na reforma de Veiga Simão, tendo-se iniciado, em 1971, sob a pressão da OCDE, com o objectivo da escolaridade obrigatória de 8 anos. Em Janeiro de 1975, iniciava-se o lançamento do Curso Secundário Unificado, e com o decreto-lei nº 80/78 de 27 de Abril, o Liceu passou a chamar-se Escola Secundária de Camilo Castelo Branco.

1998 - Escola Secundária com 3º Ciclo de Camilo Castelo Branco, de Vila Real.

Bibliografia:

AIRES, Joaquim Ribeiro"Escola Secundária de Camilo Castelo Branco -Vila Real Subsídios para a sua história e do ensino em Trás-os-Montes."Vila Real, 1991
Adaptações: Prof. Júlio Coutinho